Uma operação desencadeada pela Policia Civil nesta terça-feira (3) resultou na prisão de um jovem conhecido no meio policial pela prática de diversos crimes e também por sua conduta violenta. M.O.F. (25 anos) foi detido durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão em sua residência, no bairro São José (Canto), quando também foi executado um mandado de prisão preventiva, solicitado pela Delegacia de Poço Fundo e concedido pelo Juizado da Comarca de Poço Fundo.
O rapaz havia agredido um desafeto, há cerca de um ano, causando-lhe ferimentos graves. Há suspeitas de que ele teria usado o chamado “soco inglês” no ataque, embora o mesmo afirme que tenha sido uma pedrada. Independente da arma, fato é que a vítima sofreu um afundamento de crânio. Depois disso, foram várias as ocorrências com envolvimento direto do agressor, inclusive com fugas seguidas da polícia e desacato a policiais militares. Por conta de todo este conjunto de infrações, o delegado Eder Neves mostrou a necessidade da prisão, com manifestação favorável do Ministério Público e consequente decretação pelo Poder Judiciário.
M. foi levado para o Presídio de Machado, onde aguardará a conclusão do inquérito feito pela Policia Civil, que depois disso será devidamente encaminhado à Justiça.

Combate à violência

Sobre o mais recente caso de agressão ocorrido em Poço Fundo, em que um jovem foi brutalmente atacado e esfaqueado, a Policia Civil também já chegou a diversas conclusões após ampla investigação, e o principal autor já foi identificado. O homem está foragido, mas um mandado de prisão preventiva já foi decretado, e acredita-se que, esteja onde estiver, ele acabará detido, como ocorreu com o autor de um cruel assassinato cometido no bairro do Canto, quando uma jovem foi incendiada viva.
“É importante lembrar que a Policia Civil jamais fica parada diante de casos como estes, em que pessoas violentas agem sem pensar nas consequências. Estamos aqui para investigar e promover um combate efetivo a este tipo de atitude. Não importa onde estejam, a Justiça chega até eles, cedo ou tarde”, diz o delegado Eder Neves
O Chefe da Delegacia de Poço Fundo já antecipa: haverá um monitoramento forte por parte de sua equipe durante a festa de São Benedito, e aqueles que preferirem partir para a violência ao invés de se divertir serão alvos de duras medidas. “Não toleramos isto em nossa cidade, e quem imagina que pode atuar sem respeito ao próximo e não ser punido está muito enganado, pois estamos aqui para garantir o cumprimento da Lei e a defesa dos cidadãos de bem”, garante.