Um trabalho árduo de investigação e a união de esforços da Policia Civil de Minas Gerais, específicamente da Delegacia Regional de Passos (sob comando do delegado Marcos Pimenta), com o DEIC (de São Paulo), resultou, neste sábado (14), na prisão de seis meliantes suspeitos de participação no ataque a bancos na cidade de Passos, ocorrido entre a noite de terça-feira (10) e a madrugada do último dia 11 (quarta-feira).

Além dos bandidos, os policiais também apreenderam uma boa quantidade de dinheiro e um grande arsenal, com explosivos e armas de grosso calibre. Neste material, também havia uma metalhadora .50, literalmente uma arma de guerra, capaz de derrubar helicópteros e atravessar blindagens dos mais variados tipos.  Uma espécie de compressor de ar, que teria sido usado para sugar a fumaça gerada pelas explosões nas agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal e possibilitar ação mais rápida dos ladrões, também foi recolhido.

Ainda não há muitas informações sobre a ação dos policiais, pois as investigações e atos previstos estão sob sigilo. De qualquer forma, moradores podem comemorar o fato de que, em tempo hábil, a resposta ao ato criminoso que apavorou moradores de Passos e da região vem sendo dada de forma efetiva, e em breve toda a quadrilha responsável pelos ataques estará, sem dúvida, desmantelada.